AMPLIE SEUS NÍVEIS DE AMBIÇÃO

Ambição e resiliência estão intimamente correlacionadas. Quanto mais você sabe o que quer e empenha todas as suas forças para consegui-lo, tanto maior será sua capacidade de retomar suas ações após uma queda.

UNIDARMA – ESCOLA ONLINE
Seja assinante Unidarma e tenha acesso aos nossos conteúdos de evolução pessoal e autoconhecimento. Você também participa de nossas aulas Ao Vivo.
ACESSAR UNIDARMA AGORA – CLIQUE AQUI!

NÃO BUSQUE O SUCESSO DOS OUTROS

Como cada pessoa é um indivíduo com visões e padrões próprios, cada uma define o sucesso à sua maneira.

Iniciemos nossa reflexão com esta frase de Chérie Carter-Scott, sobre a definição de sucesso: “Como cada pessoa é um indivíduo com visões e padrões próprios, cada um define o sucesso à sua maneira. A minha definição provavelmente não será a mesma que a sua e nem a sua será exatamente igual à das pessoas que você conhece. Somos uma constelação de indivíduos, cada um ocupando um próprio lugar no cosmo. E piscando lá dentro, produto daquilo que alimenta o brilho individual. A primeira regra básica do sucesso e talvez a mais importante é que não existe uma definição universal de realização. Cada um de nós tem a sua e todas são igualmente preciosas e

valiosas”.

Concordo em gênero, número e grau com essa definição. Na verdade não

existe essa de afirmar categoricamente: “Pessoal, sucesso é você ter isso! Sucesso é você conquistar aquilo! Sucesso é você comprar uma casa assim, assim e assado! É você teu esse carro, dessa marca e tal!”

Não! 

Cada pessoa tem a sua definição de sucesso. 

Quando ao final de minhas apresentações digo “Sucesso e felicidade para você”, estou me referindo à sua (não à minha) definição de sucesso. Porque é assim que eu compreendo a palavra “sucesso”.

Se me perguntam “o que é que é sucesso?”, respondo que sucesso é você ter aquilo que você quer. Nesta mesma linha de raciocínio (e fazendo um trocadilho com as palavras) a felicidade (prima do sucesso) é você querer aquilo que tem. 

Quando saúdo com meu “Sucesso e Felicidade para Você!”, quero que você

tenha aquilo que você quer e quero que você queira aquilo que você tem. Quero que você alcance sucesso. Quero que você encontre a felicidade. 

Agora, é muito importante que você comece a definir:

“Afinal, o que que eu quero da minha vida?”

Porque se você você olhar para o interior das pessoas, perceberá algo muito curioso: Elas não sabem o que querem! Elas vão na onda, igual a um bloco de carnaval: vai seguindo um atrás do outro, sendo empurrado por quem vem atrás, seguindo quem está na frente…

Considere que muitos dos seus desejos, vontades e “quereres” são “quereres” emprestados. Não é um “querer” legítimo. É um “querer” da multidão. Obviamente, isto ocorre porque você está seguindo a multidão. 

Por exemplo: Você liga a televisão e descobre que lançaram uma nova versão do seu smartfone. Antes era o iPhone 10. Mas agora, a novidade é o modelo 11… agora é o 12… agora é o 15… agora é o 20!!! Então, toda a multidão vai naquela direção e dá a entender que ali está felicidade!

“Se você comprar aquele objeto, então você vai ser um sucesso, porque agora

você tá na onda, você tá na moda, você tem status!”. Ou qualquer outra coisa equivalente: “Aquele novo modelo de carro, aquela roupa de marca famosa ou mudar-se para aquele novo bairro que, ao que estão dizendo, é muito chique e você terá mais status se você se mudar para tal lugar”.

Então, você vai na onda, vai na onda, vai na onda… e o problema é exatamente este! 
A maioria das pessoas sofrem para ter aquilo. E se dedicam, e esse matam, e se acabam para alcançar aquele suposto status social. Fazem de tudo para conseguir aquela situação, aquele objeto, aquele bem de consumo. Acreditam que serão mais admiradas depois daquela conquista porque ali está o sucesso. E sofrem, lutam e se endividam, ficam com o cartão de crédito no vermelho e tudo mais.

Quando alcançam tão cobiçados bens, o que que vem em seguida? Frustração!

É como se fosse um punhado de areia seca que você diz: “Vejam! Peguei um punhado de areia, está aqui na minha mão!” 
De repente, essa areia vai caindo, vai escoando, vai escoando… 

E é interessantíssimo: Tem gente que dá tudo mesmo para conquistar este suposto sucesso! Dá o sangue, se dedica, trabalha, faz e acontece para manter um certo tipo de “status”. 

Por fim, você acaba com a sua vida apenas para satisfazer os caprichos e olhares de pessoas que não estão nem aí para você. Ou, pior ainda, de pessoas que, pelas costas, são seus inimigos. Elas estão competindo com você e você fica nessa guerra de mostrar quem tem mais brinquedos, quem tem mais sucesso. 

Não! 
Isto não define sucesso. 
E se sucesso fosse participar deste jogo, seria algo realmente muito estúpido.

Um bom trabalho de autoconhecimento, consiste em refletir sobre estas questões. Estou certo de que, com isso, você será capaz de tirar alguns pesos das costas. Como? Se desfazendo de ideias, de buscas, de objetivos, de lutas sem sentido, apenas para parecer aos olhos do mundo que você é um sucesso na vida.

Há algo que você pode fazer exatamente agora. É se perguntar o seguinte:

“Se ninguém tivesse olhando… Se eu não tivesse que dar satisfação para ninguém… Se eu estivesse morando numa ilha deserta, o que realmente iria querer? O que realmente gostaria de satisfazer?”

Observe: Todo dia você acorda, vai para sua luta, vai para o seu trabalho, vai se dedicar para alguma causa. Mas, por que é que você tá fazendo tudo que você tá fazendo? 

O que realmente é sucesso para você? 
Porque se você estiver correndo, lutando, buscando, se esforçando, se dedicando para conquistar algo que é um sucesso para os outros… na hora que você alcançar isso (ou seja, na hora que você pegar aquele punhado de areia seca), poderá até sentir algum tipo de satisfação ou de orgulho. Mas não vai durar praticamente nada. Depois de um breve tempo, o que virá em seguida, como já dissemos, será a frustração. 

Então, pela última vez:
O que é sucesso para você? 
Qual é o seu sucesso? 

Reflita e tome uma atitude de vida!

Sucesso e Felicidade para Você!
Chris Allmeida

Não deixe ninguém sabotar seu destino

Neste vídeo falo sobre a necessidade de dedicarmos todo nosso empenho para que nada nem ninguém venha sabotar seu próprio destino.
Anote estas palavras e defenda elas com unhas e dentes: Ambição, Planos, Ação e Aprendizado.

Áudio citado neste vídeo:
HOMEWORK COM ALTA PERFORMANCE

Fracasso, o caminho do sucesso

Esta é uma palestra que todos deveriam assistir. Problemas e dificuldades, todos passamos. E, nem sempre, nossos planos saem como planejado.  Isto não deve ser o fim, mas apenas uma etapa para que você alcance o seu sucesso.
 

Seja assinante Unidarma e tenha acesso a todos os nossos conteúdos.
São centenas de vídeos e recursos para você despertar seu potencial interno e conquistar a vida de seus sonhos. ASSINE AGORA – CLIQUE AQUI!