Influências Externas e Internas

Pessoa influenciada pelo rário e tvSuas ações diárias e seus pensamentos sofrem dois tipos de interferências:
As influências externas e as influências internas.
As influências externas afetam mais o indivíduo comum, que ainda não trabalhou em sua vida nenhum aspecto profundo do autoconhecimento.
São elas: datas comemorativas, eventos esportivos, acontecimentos noticiados no jornal, etc. Ou seja, se chega a época do Natal, este indivíduo fica mais propenso a pensar no próximo. Quando é carnaval, fica mais alegre, solta-se mais, é um verdadeiro folião. Quando o seu time perde, fica emburrado, meio cabisbaixo e assim por diante.
Já o detentor de autoconhecimento sabe que o seu padrão vibracional depende muito mais das coisas que estão acontecendo em seu interior. Ele aprendeu a fazer isto por meio da atenção focada. Ele escolhe previamente qual será a direção de seus pensamentos e deixa que sua vida seja naturalmente conduzida para esta direção. Escusado será dizer que este
indivíduo está no controle de sua própria vida.
Obviamente, não temos como negar que os fatores externos podem sim afetar as nossas emoções, até mesmo do mestre mais avançado. Os evangelhos mostram que Jesus chorou ao presenciar a morte de seu amigo Lázaro e que ficou enfurecido quando percebeu o comércio acontecendo nas portas do Templo. Não obstante, na cruz, o Nazareno optou por manter o autocontrole e manifestar perdão e compaixão no lugar de raiva ou indignação.
Gautama Buda dizia aos seus discípulos: “Ouça um elogia como sendo um insulto. Ouça um insulto como sendo um elogio”. A mensagem aqui é clara: Não fundamente suas emoções e reações a partir daquilo que está acontecendo do lado de fora.
Talvez a regra na nossa vida diária seja o bom senso. Podemos optar por quais eventos externos desejamos tomar parte, nos esforçando sempre para estar no arbítrio daquilo que é ou será importante. Paralelo a isto, optar conscientemente, todos os dias, pela direção de sua atenção. Ao acorda pela manhã, meditar por uns instantes: Como quero hoje viver o meu dia? Qual será o foco da minha ação? Para onde estarei dirigindo os meus
pensamentos?
Lembre-se de que o autoconhecimento é uma ferramenta para vivermos melhor. Faça bom uso de sua capacidade de escolha e conduza sua vida com maestria.
Sucesso e Felicidade Para Você!
Assinatura Chris Allmeida Poder Pessoal e Autoconhecimento


Uma resposta para “Influências Externas e Internas”

  1. Excelente! Somente com o autoconhecimento nós deixamos de ser uma marionete das circunstâncias e decidimos como devemos agir, sentir e escolher, ou seja, nos tornamos os criadores de nosso destino. O caminho é realmente a meditação, assim entramos em contato com o nosso verdadeiro Eu e a vida se torna uma aventura maravilhosa!!!
    Um abraço, vamos todos juntos com a Unidarma , fazendo assim um mundo cada vez melhor!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *