Chi Kung

O que é:

O Chi Kung (QiGong) é uma prática terapêutica em que se realizam exercícios que combinam movimento suave e respiração controlada, e na qual a atenção e a visualização do praticante estão concentradas nas várias partes do corpo, de modo a alterar o fluxo de energia. Os benefícios são imensos: aumento de sua energia vital, equilíbrio interno, autocura (do corpo e da mente), aumento do vigor físico, dentre outros.


O que significa “Chi Kung”:

Chi Kung significa literalmente “energia” (Chi ou Qi) e “habilidade, treino” (Kung ou Gong), ou seja, treino e desenvolvimento da energia (do corpo humano). Durante milénios, o Chi Kung foi conhecido por outros nomes – Dao Yin ou Nei Gong, entre outros – e estava frequentemente ligado à prática das artes marciais, de sistemas esotéricos de meditação e desenvolvimento espiritual e de sistemas de medicina preventiva.

 

Medicina Tradicional Chinesa:

Semelhante a outras práticas bioenergéticas ocidentais, o que diferencia o Chi Kung é que está profundamente ligado às teorias da Medicina Tradicional Chinesa, ou seja, utiliza a teoria dos meridianos e pontos de acupuntura, da circulação de energia e outros conceitos, para exercitar o corpo e a mente – aliás, do ponto de vista da Medicina Chinesa é impossível dissociar mente e corpo. Assim, quando um praticante está a fazer um exercício de Chi Kung está a manipular a energia do seu corpo de acordo com estes princípios.


Uma prática holística:

O Chi Kung é um tipo holístico de exercício, muito diferente dos sistemas de exercício e ginástica modernos que apenas endereçam os componentes exteriores do nosso corpo, músculos e capacidade cardiovascular, muitas vezes correndo o risco de criar outros problemas (de articulações, postura, de esgotamento dos órgãos e assim por diante). No Chi Kung todos os sistemas do corpo são exercitados: os órgãos internos são suavemente massajados, as circulações de sangue e linfa são estimuladas, a capacidade respiratória é suavemente expandida e melhorada, as articulações são exercitadas de modo saudável, e assim por diante, ao mesmo tempo que o envolvimento mental do praticante representa um outro nível de exercício, com enormes benefícios a nível do relaxamento, da lateralidade do cérebro e da concentração. Todos estes benefícios fazem com que o Chi Kung seja um maravilhoso sistema de prevenção das doenças. Nalguns casos, e acompanhado por um instrutor competente de Chi Kung, o praticante poderá completar a sua prática com exercícios que tratem especificamente os seus problemas.


Treino e Disciplina:

Para que o Chi Kung seja verdadeiramente eficiente na manutenção da saúde e no combate ao stress, deve, no entanto, ser praticado regularmente, de preferência todos os dias, para ir fortificando o corpo progressiva e suavemente. O praticante deve primeiro procurar aprender um sistema completo. Geralmente estes sistemas são constituídos por uma série de exercícios, cada um dos quais deve ser feito durante uma série de repetições. Uma vez que o praticante tenha atingido um grau de habilidade razoável com estes exercícios, poderá começar a explorar outros aspectos do Chi Kung.


Como começar:

Na Unidarma você encontra um curso completo sobre a prática do Chi Kung.
Você aprenderá sobre os fundamentos desta poderosa técnica de autocura e harmonização interior e saberá como executar os movimentos do Chi Kung para praticar em sua própria casa ou onde desejar.

Seja um sócio-colaborador da Unidarma e tenha acesso a todo nosso conteúdo!

CLIQUE AQUI E ASSINE AGORA!